Make your own free website on Tripod.com

BOLETIM DE NOTÍCIAS

Seção para a América Latina e o Caribe

N. 30, junho de 1997

HP


O QUE É A IFLA? O ESCRITÓRIO REGIONAL O PROGRAMA ALP SÍTIOS ÚTEIS

O Presidente da IFLA visita o Brasil

A Professora Estela Morales Campos recebeu um prêmio especial

Seminário: "Ferramentas para o desenvolvimento bibliotecário no Caribe"

Concurso IFLA / LAC Amsterdam'98

Índice

O Boletim de Notícias é publicado duas vezes por ano, em junho e dezembro, pelo Escritório Regional da IFLA para a América Latina e o Caribe. É o melhor meio de comunicação entre os membros da região. Solicitamo-lhes compartilhar suas idéias e experiências enviando contribuições e sugestões para o
Escritório Regional.

ÍNDICE

1. Editorial

2. IFLA e suas seções

3. Notícias dos afiliados à IFLA e das Associações da região

4. Notícias gerais de interesse para a região

5. Publicações recebidas
("Clearinghouse")

6. Calendário Internacional


(Voltar)

Comitê de Redação
Elizabet Maria Ramos de Carvalho (BR)
Stella Maris Fernández (AR)
Miriam Martinez (CU)

Secretaria:
Ivone Tálamo (BR)

Editorial, Revisão e Aprovação:
Elizabet Maria Ramos de Carvalho

Tradução e Revisão do Espanhol:
Stella Maris Fernández

Tradução e Revisão do Inglês:
Pamela Howard-Reguindin (EUA)

1. EDITORIAL


Após sete anos de instalação do Escritório Regional da IFLA/LAC no Brasil, novamente um Presidente da IFLA visita o Brasil. Tanto no Rio de Janeiro como em São Paulo foram reunidos os mais expressivos profissionais das áreas de Biblioteconomia, Arquivologia e representantes de editoras nos encontros com o Sr. Robert Wedgeworth.

A competência e a simpatia do Sr. Wedgeworth cativaram a todos os brasileiros que tiveram a oportunidade de ouví-lo e sua passagem pelo Brasil veio confirmar a importância de que se reveste as visitas de membros da IFLA/HQ aos países latino- americanos e caribenhos.

O Sr. Wedgeworth sempre se distinguiu como incansável incentivador de maior participação da LAC na IFLA. Por isso , quando sua Presidência vai chegando ao fim, não podemos deixar de expressar que foi um grande prazer e uma honra para todos nós vê-lo ocupar o cargo que agora deixa depois de tão profícua administração.

Neste número do "Boletim de Notícias", além das notícias sobre a visita do Presidente da IFLA ao Brasil, publicamos várias notícias de interesse sobre a Conferência da Dinamarca e eventos paralelos, e sobre acontecimentos nos países da Região, e registramos a realização de um "workshop" e da reunião do "Comitê Permanente" da IFLA/LAC, pela primeira vez realizada em um país do Caribe (Martinica). A hospitalidade caribenha colaborou para o sucesso do evento, permitindo aos membros da IFLA e demais participantes melhor conhecimento da realidade das áreas de documentação e informação caribenhas, além de contribuir para um maior entrosamento e para a troca de experiências entre os profissionais da Região.

Esperamos que um grande número de profissionais da América Latina e do Caribe compareça à Conferência de Copenhague em agosto, onde poderemos nos encontrar nas sessões da IFLA/LAC.

(Voltar para o Índice)


(Voltar)

IFLA - FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE ASSOCIAÇÕES E INSTITUIÇÕES BIBLIOTECÁRIAS

ESCRITÓRIO REGIONAL PARA A AMÉRICA LATINE E O CARIBE

c/o FEBAB Rua Avanhadava, 40 - cj. 110
01306 - São Paulo - SP - Brasil
Telefax: +55 11 2579979
Fax: +55 11 2922993

c/o Delegacia Regional do MINC no Rio de Janeiro
Palácio da Cultura
Rua da Imprensa, 16 - sala 1108
Centro - Rio de Janeiro - RJ
- Brasil
Tel.: +55 21 3225330
Fax: +55 21 3225733
E-mail:iflalac@nutecnet.com.br

IFLA E SUAS SEÇÕES

ÍNDICE

Sede da IFLA (HeadQuarters)

Venha a Copenhague este ano: convite para a Conferência 1997 da IFLA na Dinamarca

Seminário Pre-Conferência da IFLA- Aalborg - Dinamarca

Lançamento do primeiro espelho ( "mirror") da IFLANET

Medalha de ouro para o "sítio"da IFLA na WWW

IFLA/Seção de Administração e Marketing

Nova Seção

IFLA/Seção de Bibliotecas e Serviços de Investigações Parlamentares

Mudança de nome da Seção

IFLA/PAC

Salvaguarda de coleções fotográficas do Século XIX

IFLA/ALP

Programa a Médio Prazo

Apoio financeiro da ALP a LAC

IFLA/LAC

Seminário "Ferramentas para o Desenvolvimento Bibliotecário no Caribe" Martinica , 10-13 de março de 1997.

(continua...)

Reunião do Comitê Permanente da IFLA/LAC. Martinica 14 a 16 de março

Ajuda da DANIDA

Concurso IFLA/LAC 1997

Concurso IFLA/LAC Amsterdam'98 - chamada para a sessão "Contributed Papers"

Seção de Bibliotecas para Cegos

Encontro de especialistas 1997

O Sistema Daisy

Biblioteca Dinamarquesa para Cegos: projeto de biblioteca digital

Sítios na WEB

Seção de Remessa de Documentos e Empréstimo entre Bibliotecas

Empréstimo entre bibliotecas e fornecimento de documentos - 5a. Conferencia Internacional- Aarhus

Seção de Estatística

Sessão aberta

Sessão de "browsing"

UAP

Muriel


(Voltar)

IFLA E SUAS SEÇÕES


SEDE DA IFLA (IFLA HQ)


Venha a Copenhague este ano: convite para a conferência da IFLA na Dinamarca

A Dinamarca e a comunidade bibliotecária dinamarquesa têm a honra e o prazer de sediar a Conferência Geral e a reunião do Conselho da IFLA deste ano que serão realizados em Copenhague de 31 de agosto a 5 de setembro de 1997 e convidam todos os profissionais e políticos que lidam com assuntos relacionados com bibliotecas a participarem da Conferência.

A Conferência anual da IFLA e exposição, de alcances mundiais, há muitos anos são consideradas o evento internacional mais importante no setor de bibliotecas e informação, reunindo milhares de delegados e especialistas do mundo todo, focalisando as tendências e problemas correntes e discutindo soluções e estratégias de ação no campo de competência das bibliotecas.

O principal tema da Conferência de 1997 será "Bibliotecas e Informação para o Desenvolvimento Humano". O acesso à informação, ao conhecimento e à cultura são direitos humanos fundamentais, os quais - junto com a educação - são reconhecidos no mundo todo como elementos fundamentais do desenvolvimento humano auto-sustentável e progresso econômico e social. A Conferência da IFLA de 1997, portanto, enfatizará importantes aspectos da transferência de conhecimento e do desenvolvimento humano na Sociedade de Informação por meio de sub-temas que abrangem duas visões diferentes das atividades bibliotecárias: Centro de Informação e Centro de Cultura , não no sentido de uma biblioteca física, concreta, mas como princípios básicos dos serviços bibliotecários.

Os sub-temas são:

Centro de Informação:

Centro de Cultura:

(IFLA Journal,23(1997),1).

(Voltar para o Índice)

Seminário Pre-Conferência da IFLA - Aalborg - Dinamarca

O Seminário Pre-Conferência da IFLA, intitulado "Bridging Information Gaps Through Technology", será realizado no período de 27 a 29 de agosto de 1997, em Aalborg, Dinamarca. A anfitriã do seminário será a Escola Real de Biblioteconomia de Aalborg e seus organizadores são a Escola Real, o Programa ALP da IFLA, a Divisão de Atividades Regionais da IFLA, a Seção de Tecnologia da Informação da Divisão de Administração e Tecnologia, com a participação do Programa Básico Fluxo de Dados Universal e Telecomunicações (UDT).

Cerca de 20 a 30 profissionais bibliotecários e de informação de países em desenvolvimento participarão do Seminário. Espera-se que cada participante apresente um breve relatório de seu país. As línguas de trabalho do seminário serão Espanhol, Francês e Inglês. Da América Latina e do Caribe participarão 8 profissionais, representando a Argentina, Brasil, Colombia, Costa Rica, Cuba, Jamaica, Martinica e Venezuela. A Presidente da Seção Regional da IFLA/LAC será a Coordenadora de uma das Sessões.

A IFLA agradece aos patrocinadores do Seminário Pre-Conferência para países em desenvolvimento; ela expressa sua gratidão para com seus principais patrocinadores, DANIDA e UNESCO, e, também, para com a BIEF por sua contribuição.

(Voltar para o Índice)

Lançado o primeiro espelho ("mirror") da IFLANET

A IFLANET tem o prazer de anunciar que o seu primeiro sítio espelho ( "mirror site" ) na "Web" está pronto e funcionando no "Institut de l'Information Scientifique et Technique ( INIST )" em Vandoeuvre - lès - Nancy, França. Ele poderá ser visitado em: http://ifla.inist.fr. O sítio espelho, uma réplica exata do sítio da IFLA na Biblioteca Nacional do Canadá , é de suma importância para todos os nossos associados e promete ser uma fonte de informação muito popular para todos aqueles que exercem atividades no campo da informação.

Lançada em 1993, a IFLANET, em sua curta história, tornou-se uma das principais ferramentas de informação e comunicação dos profissionais bibliotecários e de informação. O acesso à essa rede é crucial para muitos profissionais do mundo todo e, com o crescimento dos problemas de capacidade da Internet, a IFLANET procurou alcançar usuários fora do continente norte americano. A INIST, a principal empresa francesa de fornecimento de documentos, através de seu Diretor, Claude Patou, ofereceu seu apoio à IFLA para estabelecer um sítio espelho para a IFLANET na França , criando, dessa maneira, canais adicionais de acesso à informação armazenada no sítio da IFLA na WWW.

(Voltar para o Índice)

Medalha de ouro para o sítio da IFLA na WWW

Recentemente, o sítio "web" da IFLA no Canadá recebeu uma medalha de ouro do NetGuide (CMP Media Inc.) por ser um dos melhores da "Web". O NetGuide, (http://www.netguide.com) que varre mais de 100.000 URLs e dá a medalha de ouro a somente 15.000 dos melhores Sítios da "Web", descreveu a "home page" da IFLA como "uma impressionante coleção de informações eletrônicas relacionadas a bibliotecas, documentos, jornais e utilidades para a Internet e redes. Podem ser encontrados "links" notáveis como "Electronic Documents", "Sites of Interest to Librarians", e "Information Policy Resources", com bibliografias. O sítio "Web" da IFLA é administrado por Leigh Swain, Gary Cleveland, Terry Kuny e Louise Lantaigne da Biblioteca Nacional do Canadá. Para mais informação acerca da IFLANET, mande e-mail diretamente para:
ifla@nlc-nbc.ca ou
fax +1 819 9946835.

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


IFLA / SEÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING


Nova Seção

Por alguns anos a IFLA teve uma Mesa Redonda sobre Administração, cujas atividades aumentavam constantemente. Essas atividades agora estão em pé de igualdade com ou excedem as de muitas Seções. Esse aumento de atividades não é uma surpresa , tendo em vista a crescente complexidade da adminitração das bibliotecas, uma vez que o domínio de suas operações está se tornando cada vez mais difícil, as pressões de competividade estão exigindo mais atenção ao custo-benefício dessas operações e os tópicos mais importantes da administração de negócios (por exemplo: capital intelectual, guarda do conhecimento, ênfase no consumidor, etc.) estão fundamentalmente relacionados à administração da informação.

Além disso, neste novo ambiente o marketing se torna ainda mais importante. A razão principal é que nesse ambiente de competividade crescente o marketing dos serviços bibliotecários (que abrange a identificação das necessidades dos usuários e a compreensão dessas necessidades no contexto do usuário), está se tornando de importância cada vez mais vital. Uma segunda razão é que o papel do especialista bibliotecário ou de informação está se expandindo à medida que o marketing se torna mais necessário para a organização que o emprega, uma vez que o marketing está se tornando um processo mais dependente de informação e, dessa maneira, um proceso em que o bibliotecário desempenha um papel cada vez mais relevante.

Como conseqüência da convergência dessas tendências , a Mesa Redonda sobre Administração propos se tornar Seção de Administração e Marketing , o que foi aprovado pelo "Professional Board" na sua reunião de 10 de dezembro de 1996.

Os membros da IFLA estão convidados a ingressarem na nova Seção. Por favor contactem

Daphne Vlot, Membership Officer, IFLA HQ, POB 95312, 2509 CH The Hague
Netherlands.
Fax: + 3170 3834827
E-mail: daphne.vlot@ifla.nl (para ingressar)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


IFLA/SEÇÃO DE BIBLIOTECAS E SERVIÇOS DE PESQUISAS PARLAMENTARES


Mudaça de nome da Seção

Durante a 61a. Conferência Geral da IFLA e reunião do Conselho, realizada em Istambul em agosto de 1995, o Comitê Permanente da Seção de Bibliotecas Parlamentares discutiu a mudança de seu nome para Seção de Bibliotecas e Serviços de Pesquisas Parlamentares e alcançou um amplo consenso sobre a necessidade e conveniência de tal mudança. A razão preponderante é que as bibliotecas parlamentares e os serviços de pesquisas são organizados de muitas maneiras diferentes nos vários países. Existem diversos casos em que os serviços de pesquisas são providos pelas bibliotecas parlamentares (este é o caso, por exemplo, na Austrália, no Canadá, na Hungria, no Japão, GB e EUA). No entanto, importantes serviços de pesquisa e informação podem existir fora das bibliotecas parlamentares (este é o caso de Alemanha, Lituânia, México, Polônia e Rússia, entre outros).

No entanto, é do direto interesse de todas as bibliotecas parlamentares que os assuntos relativos aos serviços de pesquisa e informação sejam discutidos no contexto das mesmas. Freqüentemente, quando num parlamento os serviços relacionados estão separados, eles não são eficientemente coordenados ou articulados. A Seção de Bibliotecas Parlamentares é o melhor fôro para uma tal discussão.

Todavia, como o nome da Seção fazia referência somente a Bibliotecas Parlamentares, outros serviços parlamentares de pesquisas e informação encontravam, em muitos casos, dificuldade para justificar com os seus chefes a necessidade de comparecerem às reuniões da Seção. A alteração do nome da Seção pretende atingir dois objetivos: 1) demonstrar a primazia das Bibliotecas Parlamentares como um ponto focal lógico para a IFLA; 2) enfatizar que outras organizações que fornecem serviços de pesquisas e informação aos parlamentos são bem-vindas às reuniões e às discussões relativas à melhoria desses serviços.

Depois de consulta a outras Seções da IFLA (por exemplo, Bibliotecas Governamentais), para assegurar que não houvesse sobreposição de atividades e atribuições, em 10 de dezembro de 1996 a "Professional Board" aprovou formalmente a solicitação de mudança de nome.

(IFLA Journal 23(1997),1)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


IFLA/PAC


Salvaguarda de coleções fotográficas do Século XIX

O programa de Preservação e Conservação (PAC) da Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias (IFLA) inclui em seu Projeto para a Salvaguarda de Coleções Fotográficas do Século XIX, a produção de um CD-ROM que reuna imagens criadas na América Latina e no Caribe no século XIX.

O propósito principal deste CD-ROM é criar consciência sobre o estado de conservação em que se encontram essas coleções. Além disso, ajudará a criar um melhor acesso a elas.

Dez países da América Latina e do Caribe deverão colaborar com o projeto e é de suas coleções fotográficas que sairão as imagens que comporão o documento. Conta-se ainda com o apoio financeiro da UNESCO, a qual alocou USD 46.000,00 para o projeto. A Universidade de Colima, no México, será a encarregada de produzir o CD-ROM.

O Centro Nacional de Conservação de Papel da Biblioteca Nacional da Venezuela, que funciona como Centro Regional IFLA - PAC para a América Latina e o Caribe, coordenará o projeto.

(Ramon Sanchez Chapellin)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


IFLA/ALP


Programa a Médio Prazo

O seguinte Programa a Médio Prazo para a IFLA/ALP foi discutido com o Comitê de Assessoramento da ALP em sua reunião em Uppsala em outubro de 1996 e foi proposto à Junta profissional da IFLA (IFLA Professional Board). Algumas mudanças devem acontecer antes da versão final ser aceita, lá pelo fim do ano.

Proposta de mudança de nome: Programa para Desenvolvimento da Biblioteconomia (Advancement of Librarianship Programme).
Declaração de Propósito (Scope statement): A missão da ALP é promover a profissão de bibliotecário, as instituições bibliotecárias, as bibliotecas e os serviços de informação nos países em desenvolvimento da África, Ásia e Oceania, e América Latina e Caribe.
Nas áreas de atuação da ALP, os objetivos do PMP são: prestar assistência à contínua educação e ao treinamento; promover o estabelecimento e desenvolvimento de bibliotecas e serviços de informação para o público em geral, incluindo a promoção da alfabetização; e a introdução de novas tecnologias nos serviços das bibliotecas. A ALP, dentro da IFLA, tem também a função de catalizadora das atividades da organização em países do Terceiro Mundo. A esfera de atuação da ALP é muito vasta e cobre todas as espécies de atividades das bibliotecas. Logo, a cooperação com órgãos importantes da IFLA tanto quanto com organizações regionais e internacionais é essencial para que o programa seja conduzido a bom termo.

A ALP cumpre sua missão utilizando um programa de atividades cuidadosamente preparado através da estreita colaboração entre o Ponto Focal Internacional da ALP e os Escritórios Regionais, a Divisão Regional da IFLA e suas três seções, assim como com outros parceiros. Esta cooperação inclui ações tais como levantamento de fundos, bolsas de estudos e programas acessórios, conferências, seminários e oficinas ("workshops"), projetos pilotos, publicações e bancos de dados.

Os projetos concretos que a ALP apoiará na América Latina de setembro de 1997 até o ano de 1999 são os seguintes:

1997

  1. Estudo de exeqüibilidade para a recuperação de documentos sobre/de grupos étnicos centro-americanos. Os fundos da ALP para este projeto vêm da SIDA e NCLIS.
  2. Seminário sobre controle bibliográfico em cooperação com o Programa Básico UBCIM da IFLA. Financiado principalmente pela SIDA
1998
  1. Seminário no Brasil sobre o manifesto das bibliotecas públicas da UNESCO. Este seminário será realizado com a cooperação da Seção de Bibliotecas Públicas da IFLA. Financiado pela SIDA
  2. Seminário para associações de bibliotecários da América Latina e da área do Caribe. Este seminário será realizado com a cooperação da Mesa Redonda da IFLA para a Administração de Associações de Bibliotecários. Financiado pela SIDA
1999
  1. Ferramentas para desenvolvimento de bibliotecas, para os países do Cone Sul. Financiado pela SIDA
  2. Prosseguimento do seminário "Ferramentas para o desenvolvimento de bibliotecas" realizado na Martinica em março de 1997, na forma de apoio a um dos projetos que foram elaborados naquele seminário. Financiado pela SIDA

Todos os projetos acima são realizados com a estreita cooperação dos membros do "Comitê Permanente" Regional, do Escritório Regional e dos organizadores locais, os quais contribuem muito para essas atividades.

(Voltar para o Índice)

Apoio financeiro da ALP

Durante todo o período de 1997 a 19999 a ALP dará apoio financeiro também ao Escritório Regional no Brasil e a alguns pre-estudos. Este apoio virá também da SIDA. A ALP , alem disso, pode tentar obter apoio financeiro de outras organizações para outros projetos propostos ao "Comitê Permanente" Regional da IFLA/LAC.

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


IFLA/LAC


Seminário "Ferramentas para o Desenvolvimento Bibliotecário no Caribe" - Martinica, 10 - 13 de março de 1997

Durante 4 dias representantes de 27 países do Caribe se reuniram na Martinica para participar de um seminário patrocinado pelo Programa da IFLA para o Desenvolvimento da Biblioteconomia (ALP) e apoiado fortemente pelas autoridades locais e por outras instituições da Martinica que contribuiram grandemente para o êxito do evento. Foi sua sede a sala de deliberações do Conselho Regional e a coordenação do Comitê local de organização do seminário esteve a cargo de Marie Francoise Bernabé.

O tema do seminário, ferramentas para o desenvolvimento, estava dirigido à identificação e à proposta de soluções para as principais necessidades da Região do Caribe através da adequada formulação e apresentação de projetos às agências financeiras. A sessão inaugural foi presidida pelas seguintes autoridades da Martinica e da IFLA: Presidente da Universidade das Antilhas e da Guiana, Reitora da Academia, Presidente do Conselho Regional, representante do Conselho Diretor, Diretor de Assuntos Culturais representando o Prefeito, Diretora da Biblioteca das Antilhas e Guiana como representante do Comitê Organizador local, Diretora da ALP, Presidente da Seção Regional e Gerente do Escritório Regional para a América Latina e o Caribe. A reunião contou com a presença de 29 representantes das ilhas do Caribe, além de 16 convidados locais e um observador da Universidade Reunião (Université Reunion).

Apoiaram o Seminário o representante da UNESCO , Sr. Abdelaziz Abid, a representante da ALP, Sra. Birgitta Bergdahl, o Coordenador de Atividades Profissionais da IFLA , Sr. Winston Roberts, a Gerente do Escritório Regional , Sra. Elizabet Maria Ramos de Carvalho, a representante da Agência de Cooperação Cultural e Técnica , ACCT, Ridah Bouabid, a Presidente do Comitê Permanente , Maria Elena Zapata e os membros do citado Comitê que representavam a Argentina, Brasil, Costa Rica, Cuba, Martinica, México e St. Maarten.

Logo após a Cerimônia de Abertura e da exposição dos objetivos perseguidos pelo seminário, feita por Maria Elena Zapata, cada participante teve que resumir em três minutos, rigorosamente cumpridos, o panorama e a situação bibliotecária de seu país. Previamente eles haviam entregue um informe completo, mais extenso, ao Comitê Organizador. A mesa foi coordenada pela Mtra. Estela Morales que, ao término das apresentações, sintetizou as coincidências existentes em todas as apresentações, tanto no relativo aos êxitos obtidos como nas deficiências existentes em áreas pouco desenvolvidas.

Dessa síntese surgiu o seguinte:
- que as bibliotecas universitárias são as mais apoiadas e que têm mais oportunidades para alcançar as tecnologias de informação e que existem na região alguns exemplos de políticas de informação e de projetos cooperativos.
Entre as limitações mais compartilhadas pelos países participantes, foram assinaladas as seguintes: o multiculturalismo; a ausência de políticas de leitura; as limitações na formação de pessoal qualificado; a falta de reconhecimento do profissional e sua deficiente imagem social e profissional; o não cumprimento do depósito legal; os problemas de conservação e preservação do material; a necessidade de promover as bibliotecas e seus serviços; os baixos orçamentos concedidos; a falta de participação em redes e programas cooperativos; as deficiências em desenvolvimento dos diferentes tipos de bibliotecas.

Nas sessões seguintes o Sr. Abdelaziz Abid expôs sobre a UNESCO e seus programas de apoio, Birgitta Bergdahl apresentou e explicou o formulário de apresentação de projetos da IFLA/ALP, Blanca Hodge explicou como se deve apresentar um projeto, Ridah Bouabid falou sobre a Agência de Cooperação Cultural e Técnica, Serge Kauoil sobre a Comunidade Européia e Winston Roberts sobre as próximas conferências da IFLA. Em seguida os participantes divididos em grupos iniciaram suas deliberações com o intuito de fechar um projeto para apresentar à ALP.

O seminário incluiu também um interessante programa cultural e social. O primeiro brindou os participantes com uma visão da natureza e da história da região assim como de suas manifestações artísticas, musicais, de dança e, também, de pintura. A visita a Diamand incluiu a da Biblioteca Municipal de Lamentin, belo expoente de um edifício atraente para estimular a leitura, acolhedor e cálido para os visitantes; a de Saint Pierre, primeiro assentamento francês da ilha, interessante com os trágicos vestígios da erupção do Monte Pelado.As recpções sociais foram marcadas pela cordialidade, destacando-se sobretudo a oferecida pelo Prefeito de Schoelcher. Agradecemos e felicitamos o grupo organizador pelo esforço realizado, pela excelência da organização e pela simpatia e afetividade manifestada a cada instante.

Finalizado o seminário, os membros do SC continuaram em sessão com a finalidade de rever as atividades do Plano a Médio Prazo, avaliar os projetos apresentados à ALP, selecionar o documento vencedor do concurso para Copenhague, estabelecer as atividades a cumprir na Sessão a ser realizada naquela cidade e considerar diretrizes para a conferência de 1988 em Amsterdam (Holanda).

(Voltar para o Índice)

(Voltar)

Reunião do Comitê Permanente da IFLA/LAC - Martinica 14 a 16 de março

Estiveram presentes à reunião a Presidente da Seção, Maria Elena Zapata, a Secretária Miriam Martinez, a Gerente do Escritório Regional Elizabet Maria Ramos de Carvalho, os membros do CP Alice Miranda (Costa Rica), Blanca Hodge (St. Marteen), Estela Morales (México), Ivone Tálamo (Brasil), Marie Françoise Bernabé (Martinica), Stella Maris Fernández (Argentina), além de Birgitta Bergdahl (ALP) e Winston Roberts (IFLA/HQ).

A Presidente da Seção, a Secretária e a Gerente do Escritório apresentaram seus relatórios, o Coordenador de Atividades Profissionais da IFLA falou sobre as atividades da IFLA e sobre seu PMP e a Coordenadora do Programa ALP distribuiu o PMP da ALP em Espanhol e Inglês, apresentou a relação dos projetos apresentados àquele programa e apresentou também o resultado da avaliação do Programa ALP feita pela SIDA, destacando os aspectos mais relevantes da avaliação. O comitê avaliou os projetos, aprovando alguns.

Os membros do Comitê Permanente avaliaram o “workshop”da Martinica, selecionando o trabalho a ser indicado como vencedor do concurso regional para a sessão “Contributed Papers” e escolheram o tema para o próximo concurso. Foi confirmada a participação de profissionais na Sessão Profissional da Seção IFLA/LAC em Copenhague, cujo tema será “Experiências desenvolvidas pelas bibliotecas na recuperação e promoção de culturas tradicionais” e a participação da Sra. Virgínia Bittencourt, que falará sobre a ABINIA no Foro Aberto conjunto da Região.

Foi, também, aprovado o pre-tema da reunião a ser realizada na conferência da Holanda: "O papel da Biblioteconomia na diminuição das diferenças entre os que têm acesso à informação e os que não têm".

Foram discutidas as eleições para novos membros da Seção, para o Bureau Executivo e para a Presidência da IFLA.

A principal tarefa do Comitê nessa reunião foi a revisão do integral do Plano a Médio Prazo da Seção, para o período 1998-2001. Foram estabelecidos alcance, metas e plano de ação. A reunião atingiu seus objetivos e, para isso, foi muito importante a participação do Coordenador de Atividades Profissionais da IFLA e da coordenadora do Programa ALP.

(Voltar para o Índice)

Ajuda da DANIDA

Vinte e seis delegados da América Latina e do Caribe assistirão à Conferência da IFLA em Copenhague graças à ajuda da DANIDA. A IFLA/LAC conta com a presença desses delegados em suas sessões e reuniões.

(Voltar para o Índice)

Concurso IFLA/LAC 1997

A bibliotecária Maria da Conceição Calmon Arruda, do Rio de Janeiro, Brasil, foi a vencedora do concurso e apresentará seu trabalho na Seção “Contributed Papers” da Conferência da IFLA na Dinamarca. Além de poder apresentar seu trabalho, ela receberá da IFLA uma passagem de ida e volta para Copenhague e a inscrição gratuita para assistir ao Congresso.

Esperamos que os bibliotecários da Região concorram ao próximo concurso que está sendo divulgado neste boletím.

(Voltar para o Índice)

Concurso IFLA/LAC Amsterdam’98 - chamada para a sessão “Contributed Papers”

Tema: A biblioteca como porta de acesso à informação disponível na Internet

O trabalho deverá ter projeção internacional, constituir uma contribuição nova e oferecer um panorama do que acontece na região.

Bases:

  1. Os trabalhos deverão ser originais e não podem ter sido publicados anteriormente;
  2. Os trabalhos deverão ter um máximo de 20 folhas, espaço duplo e escritos em papel branco, sem identificação alguma;
  3. Devem ser apresentados em Espanhol ou Inglês com um resumo de uma página nestes mesmos idiomas;
  4. O tempo de exposição será de 20 minutos;
  5. Os trabalhos devem ser enviados em original e três cópias;
  6. Os trabalhos devem incluir introdução, conclusões, citações de pé de página e bibliografia consultada;
  7. O autor deve usar pseudônimo e ajuntar em um envelope fechado, sem qualquer marca, seus dados completos e um resumo de seu curriculum vitae;
  8. A data limite de recpção será 15 de janeiro de 1998;
  9. Os trabalhos devem ser remetidos ao membro do Comitê Permenente de cada país, o qual, posteriormente, deverá enviá-los ao Escritório Regional ou, alternativamente, diretamente ao Escritório Regional.
Prêmio:
É oferecido um só prêmio a um único vencedor da Seção da América Latina e do Caribe, consistindo em:

  1. Apresentação do trabalho na Sessão de “Contributed Papers” em Amsterdam;
  2. Quota de inscrição gratuita para a 64a. Conferência Geral da IFLA Amsterdam’98 e passagem aérea a Amsterdam.

Seleção:
Um júri designado pela Presidente da Seção IFLA/LAC, incluidas sua Presidente, Secretária e Gerente Regional, selecionará os melhores trabalhos e os enviará à sede da IFLA em Haia onde será decidido o vencedor do concurso.

Escritório Regional IFLA/LAC:
Elizabet Maria Ramos de Carvalho
Rua da Imprensa, 16 sala 1108
Centro
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Fax: 55 21 3225733
E-mail: iflalac@nutecnet.com.br

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


IFLA/SEÇÃO DE BIBLIOTECAS PARA CEGOS


Encontro de especialistas 1997

O encontro de especialistas da Seção está programado para ser realizado de 26 a 29 de agosto de 1997, antes da Conferência Geral da IFLA. O tema será “Tecnologia da Informação e Serviço Bibliotecário para os Deficientes Visuais”. Serão realizados muitos “workshops” e atividades sociais e será apresentado um bom número de trabalhos. A sede da conferência é o hotel Hvide Hus, Strandvejen 111, 4600 Koege, Dinamarca. O preço projetado é de USD 590,00 e incluirá a inscrição, hospedagem por três noites, refeições e uma recepção na noite anterior ao inïcio da reunião. Mais informações podem ser obtidas de
Winnie Vitzansky,
Director, The Danish National Library f/t Blind,
Teglvaerksgade 37, DK-2100, Copenhagen O,
Denmark.

Tel. +45 39 27-4444, Fax. +45 39 27-1021
E-mail: DBB@DBB.bibnet.dk

(Voltar para o Índice)

O Sistema Daisy

A Biblioteca Sueca de Livros Falados e Braille, um dos mais progressistas e modernos produtores de multiserviços e disseminadores de materiais alternativos, comissionou a Labyrinten Data AB, um desenvolvedor de software, para desenvolver um pacote de software de codificação de som gravado para permitir a estruturação de materiais gravados por leitores. Uma vez que sejam apropriadamente estruturados, os livros falados fornecerão aos usuários acesso aleatório a seções do livro por número de página, título do capítulo, palavra-chave, assunto ou qualquer outro ponto de acesso escolhido pela fonte produtora.

DAISY (Sistema de Informação Digital Baseado em Áudio - “Digital Audio-based Information System”) é baseado em tecnologia digital usando computadores pessoais como plataforma de hardware. Os objetivos do projeto são:

(Newsletter, Section of Libraries f/t Blind, Fall, 1996)

(Voltar para o Índice)

Biblioteca Dinamarquesa para os Cegos: projeto de biblioteca digital

A IBM da Alemanha está assessorando a Biblioteca Dinamarquesa para os Cegos num projeto amplo de digitalização de biblioteca. Isto envolve a produção de livros falados digitais e digitalizados, um sistema mestre de arquivamento em fitas, circulação automática, distribição e produção de estatísticas, assim como planos para distribuição de materiais de audio e braille por correio eletrônico diretamente à casa de clientes possuidores de PCs.

Esse amplo plano pode parecer futurístico, mas é realístico e factível mesmo com a tecnologia atual. É preciso também ter em mente que, nos países escandinavos, leitores com deficiências visuais têm sido expostos a um certo número de novidades tecnológicas, incluindo jornais nacionais em formato digital remetidos a computadores domésticos por rádio transmissão. Usuários com esse tipo de experiência prévia serão provavelmente muito acessíveis a serviços bibliotecários tecnologicamente avançados. A IBM da Alemanha está também recomendando o CD gravável como o meio de distribuição para os livros falados.

(Newsletter, Section of Libraries f/t Blind, Fall, 1996)

(Voltar para o Índice)

Sítios na WEB

Também: verifique o IFLA Journal para “sítios” relativos a bibliotecas.

(Newsletter, Section of Libraries f/t Blind, Fall, 1996)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


IFLA /SEÇÃO DE REMESSA DE DOCUMENTOS E EMPRÉSTIMO ENTRE BIBLIOTECAS


Empréstimo entre bibliotecas e fornecimento de documentos - 5a. Conferência Internacional - Aarhus

A Conferência da IFLA será precedida pela 5a. conferência Internacional de Empréstimo entre Bibliotecas e Fornecimento de Documentos, em Aarhus. Está programada para o período de 24 a 29 de agosto. A conferência foi aprovada pela “Professional Board” da IFLA como uma reunião satélite oficial da conferência de Copenhague. A reunião de Aarhus parece que será um evento grande e bem apoiado, com um programa social muito atraente. O programa definitivo estará logo disponível. Para maiores detalhes entre em contacto com
Niels Mark, Statsbiblioteket,
State and University Library, Universitetsparken, DK-8000 Aarhus,
Denmark.
Tel.: +45 89462297
Fax: +45 89462220
E-mail: hd@kumbs.dk

(Newsletter of the IFLA Section on Document Delivery and Interlending, January, 1997).

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


IFLA/ SEÇÃO DE ESTATÍSTICA


Sessão Aberta

A sessão plenária da Seção de Estatística focalizará o tópico “Estatísticas de Material Eletrônico e Serviços”. O programa detalhado será anunciado mais tarde.

Sessão de “Browsing”

Em Copenhague, a sessão de “browsing” será devotada a estatísticas de bibliotecas universitárias e de pesquisas gerais. Os delegados estão convidados a trazer e apresentar publicaçòes estatísticas de bibliotecas acadêmicas de seus países. Seria desejável que os membros do “Comitê Permanente” da Seção de Estatística levassem esta notícia ao conhecimento de seus amigos das bibliotecas universitárias de seus países e de países vizinhos.

(Newsletter,Section on Statistics, February, 1997)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


IFLA/UAP


Muriel

O Projeto MURIEL (Multimedia Education System for Librarians Introducing Remote Interactive Processing of Electronic Documents) foi re-lançado em novembro de 1996. Dois novos sócios aderiram ao projeto e novo software será usado para produzir o livro texto eletrônico para bibliotecários, que estará disponível na Rede Digital de Serviços Integrados ("Integrated Services Digital Network" - ISDN). Os capítulos serão sobre Ética nas Bibliotecas e Bibliotecas e a Internet. Folhetos e brochuras sobre o projeto estarão logo disponíveis e haverá uma "home page" na Internet. Testes internacionais de campo do sistema estavam programados para começarem em abril, os resultados serão avaliados e o sistema será modificado de acordo com eles. Informações sobre o projeto serão disseminadas por artigos e por demonstrações em conferências. O projeto deverá estar terminado em outubro de 1997. Depois disso espera-se que o software e o material de curso estejam disponíveis para compra pela comunidade bibliotecária.

(UAP Newsletter, No.23, April 1997)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


NOTÍCIAS DOS AFILIADOS DA IFLA E DAS ASSOCIAÇÕES DA REGIÃO

ÍNDICE

ARGENTINA

VI Jornadas Nacionais sobre MicroIsis

ABGRA: cursos planejados

Primeiro Encontro de Docentes de Biblioteconomia e Ciência da Informação e Segundo Encontro de Diretores de Cursos Superiores de Biblioteconomia do Mercosul

Renovação dos membros da Comissão Diretora da ABGRA

XXXI Reunião Nacional de Bibliotecários - A Biblioteconomia no MERCOSUL: integração regional

Primeiro Congresso sobre Propriedade Intelectual, Cultura, Ciência e Tecnologia na Universidade

Sociedade de Estudos Bibliográficos Argentinos

BOLÍVIA

Biblioteca Etnológica Boliviana U.C.B

BRASIL

O Presidente da IFLA visita o Brasil

Bibioteca Popular "Euclides da Cunha", um verdadeiro 'arquipélago' de cultura, informação e lazer

Campanha de leitura para todo o País

Ministério cria prêmio para obra no exterior

Criado o Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de São Carlos, SP

Arquivo Nacional

VI Seminário sobre Automação em Bibliotecas e Centros de Documentação - 9 a 11 de setembro de 1997 - Águas de Lindóia - SP - Brasil

IBICT Desenvolve nova versão do TECER

I Encontro de Bibliotecas, Livros e Informação

(continua...)

30 anos do Conselho Federal de Biblioteconomia

Arquivo do Estado de São Paulo

CHILE

Congreso Internacional "Mercosul", integração, desenvolvimento e política nacional de informação

COLOMBIA

Aniversário da Escola Inter-americana de Biblioteconomia

Novo modêlo educativo

COSTA RICA

Congreso Internacional sobre Informação Eletrônica e Bibliotecas Digitais

CUBA

Biblioteca Ruben Martínez Villena

Info'97 - Congreso Internacional de Informação

MÉXICO

Programa de residência sobre Tecnologias de Informação e Bibliotecas Electrônicas - Universidade de Colima

Centro de Informação Livros UNAM - Catálogo 1996

Mtra. Estela Morales recebe distinção especial

Seminário Internacional sobre Controle Bibliográfico (Projeto IFLA /ALP 326)

PERU

Biblioteca do Complexo Educativo ""Sagrado Coração de Jesus"

IV Congreso Latino-americano de Leitura e Escrita

ST. MAARTEN

Visita à Phillipsburg Jubilee Library


(Voltar)

ARGENTINA


VI Jornadas Nacionais sobre MicroIsis

Estas jornadas serão realizadas na cidade de Santa Fé, na província de mesmo nome, de 22 a 24 de outubro do corrente ano. São proporcionadas pelo Ministério de Educação da província, pelo Centro Regional de Investigação e Desenvolvimento de Santa Fé e pela Comissão Nacional de Energia Atômica.
São seus objetivos:

A temática geral será a seguinte:

Para mais informação dirigir-se a:
Centro Regional de Investigación y Desarrollo de Santa Fé
Secretaría del Comité Organizador
VI Jornadas Nacionales sobre MicroIsis
Güemes 3450
(3000) Santa Fé
Argentina.

(Stella Maris Fernández)

(Voltar para o Índice)

ABGRA: cursos planejados

Agosto
WINISIS, nível 1 e nível 2 (12hs)
Como utilizar INTERNET nas bibliotecas ? nível 1 (10 hs)
Implementação de bases de dados Isis na Internet (a confirmar)

Setembro
MicroIsis, nível 1
INTERNET nível 2, construção de páginas HTML para a Web, editores e buscas especializadas
Ambiente Windows: Word

Outubro
MicroIsis, nível 2 (12 hs)
Operação de Tesaurus on-line (a confirmar)

Novembro
WINISIS, nível 1 e nível 2 (12 hs)

(Stella Maris Fernández)

(Voltar para o Índice)

Primeiro Encontro de Docentes de Biblioteconomia e Ciência da Informação e Segundo Encontro de Diretores de Cursos Superiores de Biblioteconomia do Mercosul

O encontro será realizado na Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade de Buenos Aires, Puán 480, de 27 a 29 de novembro.

Seus objetivos são conhecer e debater temas relacionados com o ensino de Biblioteconomia e Ciências da Informação, a nível universitário, nos paises integrantes do Mercosul.

Sua realização se fará da seguinte maneira:

Nos dias 28 e 29 participarão docentes, diretores e observadores.

Taxas da jornada:
Docentes universitários: USD20,00
Observadores de instituições não universitárias: USD30,00

Para mais informação:
Departamento de Bibliotecología y Documentación
Facultad de Filosofia y Letras
Universidad de Buenos Aires
1424 Buenos Aires
Fax 54 1 432-0121.

(Voltar para o Índice)

Renovação dos membros da Comissão Diretora da ABGRA

No dia 20 de setembro passado foram realizadas as eleições para renovação dos membros da Comissão Diretora da ABGRA, na qual foram eleitos os representantes da Lista Verde, encabeçada pela Lic. Ana María Peruchena Zimmermann. O "Boletim de Notícias" cumprimenta a Lic. Ana Maria Peruchena e os demais membros da Comissão Diretora e lhes deseja pleno sucesso.

(Voltar para o Índice)

XXXI Reunião Nacional de Bibliotecários - A Biblioteconomia no MERCOSUL : integração regional

A XXXI Reunião Nacional de Bibliotecários foi realizada de 14 a 18 de abril, durante as Jornadas Internacionais de Profissionais do Livro que tiveram lugar durante a 23a. Exposição e Feira Internacional de Buenos Aires - o Livro do Autor ao Leitor.

Em quatro salas que funcionaram simultaneamente, foram realizadas conferências, mesas redondas, seminários e oficinas com a participação de especialistas argentinos e estrangeiros, onde foram tratados temas de cooperação regional, formação profissional, desenvolvimento de produtos e serviços, políticas de informação, mercado de trabalho, tecnologia da informação, legislação e associações de bibliotecários no Mercosul.

(Voltar para o Índice)

Primeiro Congresso sobre Propriedade Intelectual, Cultura, Ciência e Tecnologia na Universidade

O Congresso está sendo patrocinado pela Secretaria de Ciência e Técnica da Universidade de Buenos Aires. É destinado a investigadores, docentes, graduados, estudantes e público em geral e contará com a participação de especialistas do país e do estrangeiro.
Para mais informações dirigir-se a:
Centro de Estudos Avançados da Universidade de Buenos Aires
Uriburu 950 1er. Piso
1114 Buenos Aires
Tel.: 963 -6958/59 int. 114
Fax. 963-6962
E-mail:info@muito.cea.uba.ar

(Stella Maris Fernández)

(Voltar para o Índice)

Sociedade de Estudos Bibliográficos Argentinos

A Sociedade de Estudos Bibliográficos Argentinos foi criada em 1996 com a finalidade de difundir e estimular as investigações bibliográficas sobre temas argentinos. Seu Diretor é José Luis Trenti Rocamora. A instituição edita duas publicações, um boletím semestral - sua publicação está prevista para abril e outubro - e uma série denominada “Estudos”.

O boletim cujo próximo número será o quarto, além de artigos sobre temas bibliográficos, contém as seguintes seções: comentários bibliográficos sobre publicações recentes e sobre publicações denominadas Informario.

Na série “Estudos” apareceram os seguintes:
  1. Índice geral e estudo da revista Martin Fierro por José L. Trenti Rocamora;
  2. Índice da Revista Letras de Buenos Aires 1980-1985 por Nélida Salvador e Elena Ardissone;
  3. Estudo e índice da Coleção A Cultura Argentina 1915-1925 por Néstor T. Azuza e José L. Trenti Rocamora.

Sua sede é em Tucumán 2430 P B 15 Buenos Aires
Casilla de Correo 281 Suc 12 B (1412)
Fax 01 9611-0102

(Stella Maris Fernádez)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


BOLÍVIA


Biblioteca Etnológica Boliviana U.C.B.

A Biblioteca Etnológica da Bolívia tem por propósito coletar toda informação publicada na Bolívia ou no estrangeiro sobre os grupos étnicos que vivem atualmente ou que viveram no país. Essa instituição especializada foi criada há 14 anos e é utilisada por estudantes universitários bolivianos bem como por pesquisadores e estudantes estrangeiros. Ela tem recebido elogios pela qualidade dos serviços que oferece.

A sala de leitura, muito espaçosa, é aberta ao público de segunda a sexta-feira. Um fichário sistemático de autores e de grupos étnicos orienta os usuários para os documentos. A biblioteca é membro da Rede de Centros de Documentação de Cochabamba (REDOC), cujo objetivo principal é a democratização do acesso à informação a fim de promover o desenvolvimento social. A REDOC foi criada em 1991 e conta com cerca de 30 centros de documentação e bibliotecas de órgãos públicos e privados da cidade.

(UNAL Info, N.13, agosto, 1996)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


BRASIL


O Presidente da IFLA visita o Brasil

O Presidente da IFLA, Sr. Robert Wedgeworth, visitou as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo no período de 10 a 15 de abril de 1997. O escritório Regional da IFLA em conjunto com a Federação Brasileira das Associações de Bibliotecários, o Conselho Regional de Biblioteconomia da 7a. Região, os membros brasileiros do SC da IFLA/LAC, os assessores do Escritório e a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, reuniu nos eventos realizados os mais representativos profissionais das áreas de Biblioteconomia, Documentação, Arquivologia e Ciência da Informação do País. Compareceram representantes da Biblioteca Nacional, bibliotecas públicas, escolares, universitárias e especializadas, centros e serviços de informação, institutos de pesquisas, escolas de biblioteconomia, programas de pós-graduação, arquivos nacional e estaduais, Biblioteca do Congresso (EUA), Câmara Brasileira do Livro e editoras. Também estiveram presentes representantes de associações de bibliotecários, associações profissionais, conselhos de Biblioteconomia, sindicatos, do governo federal e dos governos estaduais do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Nesses encontros o Presidente da IFLA comunicou que a finalidade de sua visita ao Brasil era conhecer as instituições, visitar colegas profissionais e estimular as atividades da IFLA na região. Destacou algumas tendências observadas em suas viagens pelo mundo, como por exemplo a globalização de recursos informacionais, ressaltando a importância dos investimentos pelo governo em bibliotecas para possibilitar que os estudantes, as pequenas empresas e as agências do governo tenham acesso a uma gama mais ampla de informações, as quais não poderiam obter por si mesmos.

Frizou, também, que uma outra tendência observada foi a da expansão da educação universal e chamou a atenção para o que significa para as escolas este aumento do número de alunos e o aumento da demanda por serviços de bibliotecas, quando existem menos recursos para atender à essa maior demanda. A experiência da Universidade do Illinois é de que as bibliotecas que trabalham juntas podem expandir muito mais seus recursos do que aquelas que trabalham isoladamente.

Finalmente, o Sr. Wedgeworth observou que a terceira tendência que se verifica no mundo é a da expansão da democracia e enfatizou como as mudanças políticas influenciam as atividades das bibliotecas.

Discorrendo sobre a IFLA, mencionou que fazem parte dela 144 países e que a Federação é hoje muito mais global do que já o foi Através da IFLANET expandiu as oportunidades de comunicação entre os profissionais, permitindo que os bibliotecários, em qualquer parte do mundo, desde que disponham dos recursos necessários de telecomunicações possam se comunicar e trocar informações.

Comunicou, por fim, que estava completando seis anos de mandato como Presidente da IFLA e que, em setembro, durante o Congresso da Dinamarca, será eleito um novo Presidente. Afirmou sua certeza de que o novo Presidente continuará a estreitar os laços com a América Latina e a abrir novas perspectivas de ação conjunta.

Nas duas cidades foram feitas visitas a bibliotecas e outras instituições, para que o Presidente da IFLA pudesse ter um contacto mais próximo com as atividades desenvolvidas no Brasil. Na maioria dessas instituições o Sr. Wedgeworth foi recebido pelos seus Presidentes ou Diretores e teve a oportunidade de divulgar as atividades da IFLA, bem como receber publicações e discutir as possibilidades de serem desenvolvidos projetos com a esta organização.

No Rio de Janeiro, após a solenidade de apresentação do Presidente à comunidade profissional, realizada no auditório da delegacia Regional do Ministério da Cultura, foi oferecido um coquetel de confraternização pelas entidades organizadoras do evento e pelo Escritório do Rio de Janeiro da Biblioteca do Congresso (EUA). As instituições visitadas foram: Arquivo Nacional, Biblioteca Pública do Estado do Rio de Janeiro, Biblioteca Nacional, Fundação Getúlio Vargas, Universidade Federal do Rio de Janeiro - Sistema de Bibliotecas e Informações (SIBI), FUNARTE - Centro de Conservação e Preservação de Fotografias. O Sr. Robert Wedgeworth visitou, ainda, a nova sede do Escritório Regional da IFLA/LAC, situada no Palácio da Cultura - Delegacia Regional do Ministério da Cultura no Rio de Janeiro, quando agradeceu pessoalmente à Delegada do MINC/RJ a cessão do espaço para o Escritório.

Em São Paulo o Sr. Wedgeworth foi recebido pelo Secretário de Cultura do Estado, Dr. Marcos Mendonça, e pelo Presidente da Imprensa Oficial do Estado (IMESP), Dr. Sérgio Kobayashi. Na Imprensa Oficial foi realizada a cerimônia de apresentação do Presidente da IFLA à comunidade bibliotecária do Estado de São Paulo. Nesta ocasião o Presidente do IMESP ratificou o apoio daquela instituição à impressão do “Notícias” nos próximos anos. Após a solenidade foi feita uma visita orientada às instalações da imprensa oficial, muito apreciada por todos, uma vez que se trata da maior imprensa da América Latina. Terminada a visita foi oferecido pelo IMESP um jantar de confraternização. Em São Paulo, o Presidente da IFLA visitou a Biblioteca Pública Mário de Andrade, a Universidade de São Paulo - Sistema Integrado de Bibliotecas, Instituto Cultural Itaú, Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, Centro Cultural de São Paulo, Memorial da América Latina, Biblioteca Regional de Medicina - BIREME e FEBAB. A sede do Escritório nas instalações da FEBAB também foram visitadas e nessa ocasião o Presidente da IFLA pode conhecer o “Clearinghouse” e discutir assuntos administativos do Escritório.

(Voltar para o Índice)

(Voltar)

Bibioteca Popular "Euclides da Cunha", um verdadeiro ‘arquipélago’ de cultura, informação e lazer

Uma ilha de tranqüilidade, lazer e cultura em meio à agitação do mundo moderno.Ou talvez fosse melhor dizer: uma ilha (simbólica) no coração de uma ilha de verdade. Assim é a Biblioteca Popular da Ilha do Governador - oficialmente: Centro Cultural "Euclides da Cunha" - que desde novembro passado retomou suas atividades em amplas e novíssimas instalações, na Praça Danaide.

A demora valeu a pena: agora o público leitor da Ilha tem à sua disposição um espaço muito mais amplo, moderno e diversificado. São cerca de 2.200m2 de área total (com 1438m2 de área construída coberta e 216m2 de área construída descoberta), distribuidos em dois andares muito bem iluminados e arejados, que abranjem play-ground, um amplo hall para exposições, recepção, salas de vídeos, salões para a biblioteca (com áreas específicas para crianças e adultos), instalações para cursos e oficinas e até um confortável auditório, com 117 lugares e acústica notável. Em breve chegará a informatização, com direito a terminais para consulta e Internet.

(Folha da Leitura, abril/maio, N.5, 1997)

(Voltar para o Índice)

Campanha de leitura para todo o País

O Programa Nacional de Incentivo à leitura (Proler), do Ministério da Cultura, está sendo estendido a todas as regiões do País. O lançamento do projeto para o Norte, Nordeste e Centro-Oeste foi realizado no último dia 23 de abril, durante as comemorações do Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor, numa parceria entre os Minitérios da Educação e do Desporto e o da Cultura.

Criado em 1992, o Proler é um dos mais importantes projetos de estímulo à leitura no Brasil. A Fundação Biblioteca Nacional, responsável pelo programa, apenas nos últimos quatro anos criou 46 comitês de Proler nos estados do Sul e do Sudeste.

(Cultura Hoje, No. 12, 1997)

(Voltar para o Índice)

Ministério cria prêmio para obra no exterior

Para estimular a divulgação da literatura infanto-juvenil brasileira no exterior, a Fundação Bibloteca Nacional, vinculada ao Ministério da Cultura, irá conceder o Prêmio Monteiro Lobato para a editora internacional que tenha a melhor publicação de autor nacional em língua estrangeira.

O Departamento Nacional do Livro, da FBN, é o responsável pelo concurso. O período de inscrição dos trabalhos vai até o dia 31 de outubro de 1997. As obras concorrentes, todas na área de literatura infanto-juvenil, precisam já ter sido editadas no Brasil e devem estar em primeira edição na língua estrangeira. Obras didáticas ou de temática religiosa não serão aceitas.

As editoras interessadas em concorrer ao prêmio deverão encaminhar três exemplares de cada obra, com o pedido de inscrição no concurso. Os trabalhos devem ser enviados à Seção de Divulgação Internacional do Departamento Internacional do Livro - Av. Rio Branco, 219/30 - 1o. andar - Centro - Rio de Janeiro. O resultado do concurso será divulgado no dia 19 de dezembro de 1997.

Outras informações:
Fundação Biblioteca Nacional
Tel. +55 21 2628255 ext 209/341.

(Cultura Hoje, No. 11, 1997)

(Voltar para o Índice)

Criado o Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de São Carlos, SP

O Núcleo de Biblioteconomia e Ciências da Informação, instalado na Universidade desde 1994, junto ao Departamento de Letras, efetivou-se como departamento após aprovação do Conselho Universitário, em reunião realizada no dia 12 de setembro. No dia 8 de outubro assumiu a chefia do Departamento a Professora Elizabeth Márcia Martucci e, como suplente, o Professor Sérgio Luís da Silva.

Segundo a professora Elizabeth, os desafios e perspectivas do DCI centram-se em sua consolidação como centro de excelência na produção de conhecimentos da área, na formação de recursos humanos, tanto no nível de graduação e pós-graduação, para a atuação em Informação Social e Informação Tecnológica/ Empresarial e em sua inserção na sociedade para contribuir na democratização do acesso e uso do conhecimento. “Para tanto, o DCI tem como metas, a curto prazo, a ampliação e capacitação de seu quadro docente e o desenvolvimento de seus recursos físicos e tecnológicos”, conclui a professora Elizabeth.

(Informando, Informativo da UFSCar, 9 de out., 1996)

(Voltar para o Índice)

Arquivo Nacional

Criado em 1838, o Arquivo Nacional vem cumprindo a missão de contribuir como agente na modernização da máquina administrativa do Estado, com ênfase na organização da documentação governamental, bem como na socialização da cultura, assegurando os direitos da cidadania, o acesso e a democratização da informação.

Exercendo a função de recolher, preservar, organizar e divulgar o patrimônio documental do país, o Arquivo Nacional mantém um moderno laboratório de restauração, desenvolve um programa de informatização, através da implantação de bases de dados, realiza exposições, além de tornar permanentemente disponível ao público novas parcelas do acervo sob sua guarda.

Ao Arquivo Nacional está vinculado o Conselho Nacional de Arquivos - CONARQ, que tem por competências, dentre outras, a definição de normas gerais e estabelecimento de Diretrizes para o pleno funcionamento do Sistema Nacional de Arquivos - SINAR, visando à gestão, à preservação e ao acesso aos documentos de arquivos no âmbito federal, estadual e municipal, em decorrência das funções executiva, legislativa e judiciária.

O Arquivo Nacional pode ser acessado via Internet em:
http://www.mj.gov.br/an/an.htm

(Voltar para o Índice)

VI Seminário sobre Automação em Bibliotecas e Centros de Documentação - 9 a 11 de setembro de 1997 - Águas de Lindóia - SP - Brasil

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em conjunto com o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), tem o prazer em convidá-los para o VI Seminário sobre Automação de Bibliotecas e Centros de Documentação (SEAB) a ser realizado de 9 a 11 de setembro de 1997 na cidade de Águas de Lindóia, no Hotel Majestic.

Desde o início, em 1984, o objetivo principal do SEAB tem sido o de contribuir para a atualização dos profissionais da informação através do intercâmbio das suas experiências.

O tema do Seminário será Globalização da Informação: a revolução nas unidades de Ciência e Tecnologia.

Informações adicionais poderão ser obtidas em:
VI SEAB
INPE - Setor de Eventos
Av. dos Astronautas, 1758
Caixa Postal 515
12201-970 São José dos Campos/SP
Tel. 012 3256067 / 3256068
Fax 012 3256094 / 3256919
E-mail:biblioteca@dem.inpe.br
eventos@adm.inpe.br

(Voltar para o Índice)

IBICT desenvolve nova versão do TECER

O TECER é um software desenvolvido pelo IBICT, concebido para a automatização das diversas tarefas que compõem a elaboração e a manutenção de um tesaurus. Para a nova versão do TECER adotou-se uma estrutura de arquivos do software Access para Windows. A atual versão foi desenvolvida em 1987 para ambiente DOS. Embora o ambiente DOS possa ser pouco exigente a nível de hardware, ele é bastante restrito a nível de recursos disponíveis para as aplicações, impedindo o desenvolvimento de aplicações mais amigáveis ou mais versáteis. A nova versão foi desenvolvida para apoiar instituições e especialistas de maneira a promover o intercâmbio e a cooperação entre eles, colocar à disposição da comunidade de usuários uma versão que incorpore as facilidades disponíveis na área de informática e oferecer aos estudantes uma ferramenta moderna de treinamento prático de técnica de elaboração de tesaurus.

O TECER está sendo experimentado por especialistas da área de elaboração de tesaurus e por instituições que utilizam a antiga versão do software.

(CEPAL/Clades,Informativo Tecnológico, No. 40, pp1-4,1996)

(Voltar para o Índice)

I Encontro de Bibliotecas, Livros e Informação

Será realizado no Rio Centro, Rio de Janeiro, no dia 14 de agosto, o I Encontro de Bibliotecas, Livro e Informação como evento especial da VIII Bienal Internacional do Livro do RJ.

Grandes nomes nacionais e estrangeiros foram convidados para permitir aos bibliotecários um maior intercâmbio de conhecimentos e atualizarem-se com o que existe de mais moderno no seu campo de atuação. Um destes nomes, Michel Mellot, do Serviço Nacional de Patrimônio da França, abordará o surgimento de novas bibliotecas em diversos países.

Estão previstas ainda mesa redonda sobre patrocínio cultural e oficinas, além da confraternização entre editores, escritores e bibliotecários.

Mais informações: FAG Eventos Internacionais
Biblioteca do Estado do Rio de Janeiro
Tel.: 55 21 2246184
Fax: 55 21 2526820

(Voltar para o Índice)

30 anos do Conselho Federal de Biblioteconomia

O CFB comemorou seus 30 anos e deu posse à nova diretoria. Como Presidente assumiu a bibliotecária Zeneide de Souza Pantoja e como Vice-Presidente a bibliotecária Lígia Paixão, ambas reeleitas. A sessão comemorativa dos 30 anos e da posse da nova diretoria foi presidida pelo Exmo. Sr. Vice-Presidente da República, Sr. Marcos Maciel, e assistida por diversas autoridades e representantes de diversos segmentos da Biblioteconomia brasileira, inclusive a Gerente do Escritório Regional da IFLA/LAC, bibliotecária Elizabet Maria Ramos de Carvalho.

O “Boletim de Notícias” deseja o maior sucesso para a nova diretoria.

(Voltar para o Índice)

Arquivo do Estado de São Paulo

No dia 21 de abril do corrente, o Governador do Estado de São Paulo, Dr. Mario Covas, e o Secretário de Cultura do Estado, Dr. Marcos Mendonça, inauguraram a nova sede do Arquivo do Estado de São Paulo. À solenidade de inauguração estiveram presentes diversas autoridades, arquivistas e bibliotecários, que puderam constatar que o prédio foi construido segundo as mais modernas técnicas de construção de arquivos. O Escritório Regional foi representado na cerimônia pela bibliotecária Ivone Tálamo, membro do SC da IFLA/LAC.

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


CHILE


Congreso Internacional “Mercosul”, integração, desenvolvimento e política nacional de informação

Será realizado nos dias 25, 26 e 27 de novembro no Centro Cultural Estação Mapocho no âmbito da XVII Feira Internacional do Livro de Santiago.

(Stella Maris Fernández)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


COLOMBIA


Aniversário da Escola Interamericana de Biblioteconomia

Uma das instituições com maior tradição na formação de bibliotecários na América Latina é a Escola Interamericana de Biblioteconomia com sede em Medelín, que nasceu em 1956 e agora está completando 40 anos.

Para festejar este acontecimento foi organizado durante o mês de outubro passado um ciclio de conferências nas instalações do Palácio de Exposições da cidade de Medelín, onde paralelamente foi realizada uma exposição intitulada Expouniversidade.

(Informativo ABGRA, N.9, diciembre, 1996)

(Voltar para o Índice)

Novo modêlo educativo

A Escola Interamericana de Biblioteconomia, subordinada à Universidade de Antioquia em Medelín, resolveu implementar um novo modêlo educativo com o propósito de fazer com que os alunos experimentem uma total imersão no mundo das bibliotecas e aprendam a resolver problemas da especialidade.

O novo plano de estudos contempla uma diminuição das horas dedicadas à instrução teórica e, como conseqüência, o aumento das horas de prática e treinamento no serviço e na área técnica. O aluno receberá capacitação teórica e prática suficientes para que, paulatinamente, do mais simples ao mais complexo, adquira os conhecimentos necessários para convertê-lo em um profissional eficiente.

Dessa maneira, este moderno sistema educativo permite o desenvolvimento profissional dos estudantes de Biblioteconomia em três etapas:

  1. Etapa de Imersão: na qual se familiariza o aluno com o ambiente das bibliotecas;
  2. Etapa de Profissionalização: o aluno se desenvolve na prática da parte profissionalizante;
  3. Etapa de Consolidação: o aluno é parte ativa das unidades e sistemas de informação.

Finalmente, cada uma dessas etapas se orientará por quatro eixos metodológicos que implementam o novo plano de estudos:
a) a gerência;
b) o trabalho diagonal de serviços;
c) a integração do conhecimento; e
d) a investigação.

Na investigação, desenvolvimento e implementação do novo modelo educativo da Escola Interamericana de Biblioteconomia, procurou-se a assessoria de bibliotecários, engenheiros, comunicadores e especialistas em projeto curricular.

(Lourdes Feria - Colima - México in Informativo ABGRA, N.9, Diciembre, 1996)

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


COSTA RICA


Congreso Internacional sobre Informação Eletrônica e Bibliotecas Digitais

Para comemorar o 20o. aniversário da Escola de Biblioteconomia, Documentação e Informação da Universidade Nacional da Costa Rica, esta escola está organizando um Congresso Internacional sobre Informação Eletrônica e Bibliotecas Digitais, a ser realizado de 23 a 26 de setembro de 1997.

Temas:
A informação perante a globalização;
O usuário e cliente da informação;
Bibliotecas Digitais;
Avaliação do impacto da informação para o desenvolvimento.

Mais informações:
Lucía Chacón Alvarado
Directora Escuela de Bibliotecología
Universidad Nacional de Costa Rica
Apartado 86-330
Heredia, Costa Rica
Tel. 506 2773432 / 2773433
Fax 506 2773432
E-mail:Ichacon@irazu.una.ac.cr

(Informativo ABGRA, No. 10, Marzo 1997)

(Voltar par o Índice)

(Voltar)


CUBA


Biblioteca Ruben Martínez Villena

A biblioteca Provincial Ruben Martínez Villena foi inaugurada em 30 de dezembro de 1963. Ela foi uma das primeiras instituições culturais criadas no país depois da revolução cubana e está situada no centro da cidade, em um bairro que possui um certo valor arquitetônico.

Possui um acervo de 30.000 títulos (100 obras), sendo 4.000 de formatos especiais, revistas e periódicos. Está aberta ao público e promove várias atividades com a finalidade de incentivar a leitura. Entre essas atividades, pode-se citar um “atelier” de leitura (para os muito jovens), “Entre amigos” (destinada à terceira idade), bem como conferências, exposições e concursos culturais.

A biblioteca tem uma equipe de 42 pessoas, sendo 5 especialistas e coordena a pesquisa bibliográfica e cultural na província.

(UNAL Info, N.13, agosto, 1996)

(Voltar para o Índice)

Info’97 - Congreso Internacional de Informação

O Instituto de Informação Científica e Tecnológica (IDICT) tem o prazer de comunicar que será realizado de 13 a 17 de outubro de 1997, no Palácio das Convenções de Havana, o Congresso Internacional de Informação INFO’97, com o tema Informação - Conhecimento - Globalização.

Simultaneamente com o Congresso será realizada a feira-exposição EXPOINFO’97.
Os idiomas de trabalho serão o Espanhol e o Inglês.

Cota de inscrição:
Conferencista US$220,00
Delegado US$270,00
Acompanhante US$150,00

Cota de inscrição promocional através das agências representantes do Palácio das Convenções:
Conferencista US$170,00
Delegado US$220,00
Acompanhante US$100,00

Só terão direitos a estas cotas aqueles que se utilizarem dos serviços das agências autorizadas. As agências fornecerão os serviços de visto, hotelaria, transporte aéreo e terrestre (desde e até o aeroporto e a todas as atividades do congresso) e passeios opcionais.

Os interesados que não dispuserem dos serviços das agências do Palácio das Convenções em seus países deverão dirigir-se ao Comitê Organizador.

Consultas e comunicação com os organizadores:
Lic. Gloria I. Ponjuán
Vice Presidente Executiva do Comitê Organizador INFO’97 - Programa Profissional
Apartado 2019, Código 10200, Havana, Cuba
Telefones: 53 7 635500, 626501, 603411, ext. 1142
Fax: 53 7 338237
E-mail:info@ceniai.cu
proinfo@ceniai.cu

Lic. Mireya Mesa
Organizadora Profissional de Congressos
Palácio das Convenções
Apartado 16046, Havana, Cuba
Tel. 53 7 202588, 226011-19,ext. 1513
Fax: 53 7 331657/ 228382, 219416, 218270
E-mail:palco@ceniai.cu

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


MÉXICO


Programa de residência sobre Tecnologias de Informação e Bibliotecas Electrônicas - Universidade de Colima

A Universidade de Colima é atualmente reconhecida nacional e internacionalmente pelos níveis das Ciências Sociais (SPSS) e pelas pesquisas.

11 a 15 de agosto Aplicação de Programa Estatístico em Ciências Sociais.
Objetivo: Introduzir os participantes nos conceitos básicos para realizar uma pesquisa (objetivo, modelos, escalas de medida, projeto do questionário), bem como na aplicação de SPSS para a análise de dados e na elaboração do relatório.
Dr. Filiberto F. Martínez Arellano. Custo: $650.00
18 a 22 de agosto - O livro antigo espanhol
Objetivo: O curso pretende abranger todos aqueles temas que foram reflexos da intensa inquietude intelectual, do prestígio cultural, político e econômico durante os séculos XVI, XVII e que se consideram importantes para o estudo da propriedade empresa, com ênfase especial no livro antigo espanhol anterior a 1801, data limite do período da imprenta artesanal.
Candidato a dotor Luis Villén Rueda, da Universidade de Granada Custo:$650,00
20 de agosto: Mesa Redonda: o livro antigo nas bibliotecas mexicanas: conservação, preservação e difusão.
Coordenadora: Rosa Maria Fernandez de Zamora. Entrada livre.
3 a 5 de setembro - A formação de usuários e as novas tecnologias
Objetivo: Que o pessoal que trabalha em unidades de informação analise o uso de novas tecnologias no projeto de funcionamento de sistemas de informação e a relação que tem com o processo de formação de usuários, com a finalidade de solucionar problemas relativos ao acesso à informação eletrônica próprios de alguma unidade ou serviço, mediante a problematização por parte do participante.
Mtra. Patricia Hernández Salazar Custo:$400,00
8 a 12 de setembro - Estratégias e políticas de aplicação das tabelas auxiliares do Sistema LC para material latino-americano.
Objetivo: Ao terminar o curso o participante terá os conhecimentos necessários para aplicar as tabelas auxiliares do Sistema de Classificação LC na organização de materiais latino-americanos, de maneira uniforme e de acordo com políticas estabelecidas.
Lic. Lina Escalona Rios Custo:$500,00
29 de setembro a 3 de outubro - Fontes de informação eletrônica na Internet para processos técnicos.
Objetivo: Identificar as fontes de informação que existem na Internet que podem ser de utilidade para as atividades de processos técnicos (catalogação e classificação) dentro da biblioteca.
Dr. Filisberto F. Martinez Arellano Custo:$500,00
13 a 17 de outubro - A motivação do pessoal de Bibliotecas
Objetivo: Proporcionar aos participantes elementos gerais sobre a motivação de pessoal de bibliotecas.
Lic. Juan José Calva González, (Coordenador). Com a participação de reconhecidos especialistas em suas áreas. Custo:$500,00
20 a 31 de outubro - XIV Curso para formar instrumentos bibliográficos automatizados
Objetivo: Conceituar a criação e operação de espaços documentais nas redes, com o propósito de formar coleções documentais para a realização de transferência de documentos via telecomunicações.
Mtro. Ramiro Lafuente López, (Coordenador). Com a participação de reconhecidos especialistas em suas áreas. Custo:$1.700,00
17 a 19 de novembro - Métodos e técnicas para detectar as necessidades de informação dos usuários.
Objetivo: Proporcionar aos participantes elementos gerais sobre os métodos e técnicas que se podem empregar para detectar as necessidades de informação dos usuários nas bibliotecas universitárias.
Lic. Juan José Calva González Custo:$400,00
17 a 21 de novembro - Seminário: Tecnologias de informação, comunicação e educação.
Objetivo: Ter um foro de discussão inter e multi-disciplinar com investigadores das áreas e disciplinas relacionadas a e interesados em realizar projetos de investigação sobre o tema.Q.F.B.
Margarita Almada de Ascencio, (Coordenadora), Com a participação de reconhecidos especialistas em suas áreas. Custo:$650,00.

Informações:
Lic. Beatriz Navarro Reyes
Departamento de Difusión
Torre II de Humanidades piso 12
CUIB/UNAM
Tel.: 623 03 59
Fax 5547461
E-mail: bnavarro@cuib.laborales.unam.mx

(Lic. Beatriz Navarro Reyes)

(Voltar para o Índice)

Centro de Informação Livros UNAM - Catálogo 1996.

O patrimônio editorial universitário fica marcado em uma obra catalográfica de singular importância, realizada pelo Centro de Informações Livros UNAM em sua terceira edição. Este catálogo inclui mais de 10.000 publicações que a comunidade universitária gerou durante sua existência, constituindo-se assim em um documento indispensável para as unidades da UNAM e para as bibliotecas, tanto do Sistema Bibliotecário Universitário, como externas.

Como todo centro de aprovisionamento de informação conta com documentos de grande valor estimativo, tal como as primeiras edições das obras de Platão (1922), o Anuário do Observatório Astrônomico Nacional (1937), a História do Pensamento Filosófico de José Vasconcelos (1937), entre outras.

O sistema de classificação desse catálogo se baseia no Sistema Decimal de Dewey, mas com algumas modificações que incluem os campos da Psicologia, Linguagem e Artes, assim como os tradicionais, Filosofía, Ciências Sociais, Ciências Puras, Ciências Aplicadas, Literatura e História. Por outro lado, contém também as seções de coleções e séries, publicações periódicas, índice de autores e índice de títulos.

Com relação as edições anteriores a obra é de caráter cumulativo e para cada obra incorpora uma ficha catalográfica completa onde está incluida a editora, o número ineternacional normatizado (ISBN), co-editor, coleção, tiragem, indicadores de ilustração, idioma e extensão da obra. Esta informação aparece compactada, em ordem alfabética por título principal e no caso de obras homônimas foram considerados os títulos secundários ou os nomes do autor; o ISBN corresponde à edição mais recente. Se resgata também a informação sobre aquelas obras que pertenceram a várias coleções ou séries e a unidade responsável pela edição.

O projeto e as caracteristicas estéticas da obra demonstram um esmerado cuidado em todo o processo editorial.

(Mtra. Estela Morales Campos)

(Voltar para o Índice)

Mtra. Estela Morales recebe distinção especial

Durante as jornadas de Biblioteconimia realizadas em Cocoyoc (México), muito perto de Cuernavaca e Jiutepec, a Mtra. Estela Morales recebeu da AMBAC a distinção especial que essa instituição outorga a destacados bibliotecários mexicanos. A distinção lhe foi conferida por suas destacadas contribuições à Associação e à Biblioteconoma mexicana.

O "Boletim de Notícias" cumprimenta à Mtra. Estela Morales em nome de todos os bibliotecários latino-americanos e caribenhos.

(Voltar para o Índice)

(Voltar)

Seminário Internacional sobre Controle Bibliográfico (Projeto IFLA /ALP 326)

Em novembro do corrente ano se realizará no México. O seminario será realizado graças à cooperação do CUIB da UNAM, do Prgrama UBICIM da IFLA e da Divisão de Controle Bibliográfico.

Objetivo Geral: Analisar, no ambiente da globalização, a situação do Controle Bibliográfico Universal no contexto dos programas que a IFLA gerou para tal efeito e conhecer de maneira específica a situação do controle bibliográfico nos diversos tipos de bibliotecas da região Latino-americana e do Caribe. O seminário constará de sessões aberats e fechadas. 11 países da América Latina e do Caribe deverão estar representados.

Mais informações:
Roberto Garduño Vera
UNAM, Torre II de Humanidades, piso 12
Ciudad Universitaria CP04510
México - DF
Tel.: 6230345
Fax.: 5507461
E-mail:garduno@servidor.unam.mx

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


PERÚ


Biblioteca do Complexo Educativo "Sagrado Coração de Jesus"

A biblioteca desempenha um papel importante como centro de documentação e de informação pedagógica. Ao mesmo tempo ela é uma fonte importante de informação para a planificação e o desenvolvimento de currículo. Como os alunos de hoje participam mais intensamente do sistema de educação, são necessários novos materiais e métodos para que se assegure que eles participarão ao máximo do sistema. É por essa razão que a biblioteca estimula os alunos a utilizar corretamente a biblioteca, pois os livros são indispensáveis para o processo de aprendizagem e para a pesquisa.

A organização e a administração da biblioteca, bem como seu engajamento na UNAL, a levou a adotar uma política idêntica à da rede.

(UNAL Info,N.13, agosto, 1996)

(Voltar para o Índice)

IV Congreso Latino-americano de Leitura e Escrita

Tema: "Leitura e escrita para todos, desafio do terceiro milênio".

Local: Lima (Peru); 4 a 7 de agosto de 1997
Sub-Temas: Leitura e escrita na educação primária;
Leitura e escrita na educação secundária e superior;
Literatura infantil e juvenil e promoção da leitura;
Leitura e escrita: novos meios e novos códigos;
A leitura e a escrita na educação bilingüe;
Leitura e escrita na formação docente;
Política Nacional de leitura.

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


ST. MAARTEN


Visita à Phillipsburg Jubilee Library

A Gerente do Escritório Regional da IFLA/LAC, Elizabet Maria Ramos de Carvalho, e Ivone Tálamo, membro do SC da IFLA/LAC, visitaram a Phillipsburg Jubilee Library onde foram recebidas pela sua Diretora, a bibliotecária Blanca Hodge, também membro do SC da IFLA/LAC, que com sua equipe lhes mostrou a biblioteca e lhes presenteou com folhetos sobre a mesma que estão arquivados no Escritório Regional.

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


NOTÍCIAS GERAIS DE INTERESSE PARA A REGIÃO

ÍNDICE

Conferência IASL - ATLC Vancouver, Canadá, 6 a 11 de julho de 1997

Escritório da Biblioteca do Congresso no Rio de Janeiro

Levantamento conjunto da IFLA/FID e "Workshop": administração e uso de recursos humanos

DANIDA - Assistência Dinamarquesa para o Desenvolvimento Internacional

Conselho Internacional de Arquivos - CIA

INFOLAC realiza 6a. Reunião no Brasil

INFOBILA


(Voltar)

Conferência IASL - ATLC Vancouver, Canadá, 6 a 11 de julho de 1997

Uma conferência para bibliotecários-professores, especialistas em mídia e tecnologia para bibliotecas escolares, bibliotecários educadores e administradores de escolas municipais, sobre assuntos emergentes para escolas e bibliotecas escolares, promovida conjuntamente pela Associação Intenacional de Biblioteconomia Escolar (IASL) e pela Associação de Professores- Bibliotecários do Canadá (ATLC).

Para mais informações ou para pedir um pacote de inscrição:
Lynne Lighthall, Conference Coordinator,
4093 West 14th Avenue,
Vancover, BC Canada
V6R 2X3
Tel. 604 822-2704
Fax 604 822-6006
E-mail: iaslatlc@unixg.ubc.ca
Conference Web site
http://www.rhi.hi.is/~anne/conf_van.html

(Voltar para o Índice)

Escritório da Biblioteca do Congresso no Rio de Janeiro

O Escritório de campo do Rio de Janeiro, assim como o Escritório de Nairobi, abriu suas portas no ano fiscal de 1966-67 como um escritório do Programa Nacional para Aquisições e Catalogação (NPAC), servindo à Biblioteca do Congresso para as publicações brasileiras. O Uruguai foi acrescentado no ano fiscal de 1986 e um programa cooperativo para séries foi iniciado em 1990.

A variedade de publicações adquiridas inclui livros, panfletos, literatura de cordel, CDs, mapas, jornais e “posters”. Muitas das publicações são compradas pelo escritório, mas um pouco mais da metade é adquirida na base de troca, de aproximadamente 600 parceiros de troca. O arquivo de editores do escritório é uma fonte de valor inestimável, não somente para o pessoal do escritório, mas também para bibliotecários e outros interessados no mercado editorial brasileiro.

De 1962 a 1992 o escritório publicou uma lista de acesso de materiais brasileiros e uruguaios e distribuiu cerca de 500 cópias de cada edição para bibliotecas do mundo inteiro. Esta lista útil serviu como um guia de compras ou fonte de referência bibliográfica para bibliotecários americanos e internacionais e bibliógrafos responsáveis por desenvolvimento de acervos nas suas respectivas instituições.

O Escritório teve sucesso também na contribuição para o Arquivo de Literatura Mundial em Fita, um projeto do qual outros escritórios de campo também participaram, em que escritores locais importantes são gravados para a posteridade ao lerem seleções dos seus trabalhos. Entre os 66 eminentes escritores brasileiros gravados sob os auspícios deste Escritório estão Carlos Drummond de Andrade, Jorge Amado, Nélida Piñon e Gilberto Freyre.

Um projeto especial empreendido pelo Escritório do Rio foi a reunião e organização de materiais efêmeros para o “Grupos Populares Brasileiros: 1966-86” e suplementos anuais desde então. Esse raro acervo de microfilme sobre pessoas marginalizadas abrange assuntos socio-políticos, religiosos, de trabalho e organizações étnicas populares. Cópias dos microfilmes e dos documentos fonte originais foram dadas à Biblioteca Nacional como parte do programa de troca com aquela instituição. Cópias dos microfilmes podem ser compradas no mercado comercial.

Por trinta anos o escritório de Campo do Rio e seus funcionários têm servido ao Congresso americano e a comunidade escolar mundial, eficiente e habilmente na compra de materiais brasileiros e uruguaios. Através do esforço do pessoal do escritório, o acervo da Biblioteca do Congresso foi enriquecido por centenas de milhares de documentos. Este ano o Escritório ganhará responsabilidade adicional pelo Suriname, Guiana e Guiana Francêsa. Como,parte do esforço por maior eficiência e modernidade, os computadores do escritório serão conectados em uma rede local e os funcionários continuarão a usar a Internet para transferir informação para seus componentes e para facilitar o envio de informações escolares do hemisfério sul para o hemisfério norte.

(James Armstrong, Pamela Howard Reguindin e Carmen Muricy - do Escritório da Biblioteca do Congresso no Rio de Janeiro)

(Voltar para o Índice)

Levantamento conjunto da IFLA/FID e "Workshop": administração e uso de recursos humanos

Um "workshop" deverá ser realizado no Chile lá pelo fim do ano para examinar as maneiras de melhorar a administração de bibliotecas e serviços de informação na América Latina. As bibliotecas e os serviços de informação estão se tornando atividades a cada ano cada vez mais complexas , exigindo tecnologia mais avançada, empregando pessoal mais sofisticado, consumindo orçamentos crescentes e com a eficiência geral e desempenho sujeitas a fiscalização mais rigorosa. A eficiente adminitração dessas organizações, pequenas ou grandes, está se tornando cada vez mais exigente e as tradicionais prática administrativa e educação administrativa para o trabalho da biblioteca e da informação são cada vez menos importantes.

As informações provindas da regiao sugerem que existe uma necessidade de se examinar a extensão em que a prática administrativa e a educação administrativa acompanharam o desenvolvimento local, bem como o desenvolvimento em outras partes do mundo. Assim, uma proposta foi feita pela IFLA ao Programa de Participação da UNESCO para Financiamento para realizar um “workshop” para considerar esse assunto. Tal proposta foi submetida com o apoio da FID e recebeu um orçamento de USD30.000.

O propósito do “workshop” é organizar uma reunião de especialistas na América Latina, reunindo um pequeno número de profissionais e educadores convidados da região com alguns especialistas internacionais, para considerarem recentes desenvolvimentos da prática profissional e maneiras práticas de desenvolver a aplicação de modernas técnicas de administração ao trabalho das bibliotecas e ao trabalho de informação e de documentação, levando em conta as necessidades econômicas específicas da região e os contextos sociais, culturais e tecnológicos das bibliotecas e dos serviços de informação.

Como preparação para o “workshop” dois levantamentos deverão ser feitos. Um será dirigido aos administradores de bibliotecas e serviços de informação da região e tentará descobrir suas opiniões sobre a adequabilidade do habilidades administrativas e do treinamento administrativo na região. O outro será dirigido às Escolas de Biblioteconomia e de Estudos de Informação da região para explorar o que elas estão ensinando sobre administração e como a estão ensinando.

Se voce quiser tomar parte neste levantamento contacte:
Ian Johnson,
Head, School of Information and Media,
The Robert Gordon University,
352, King Street,
ABERDEEN AB9 2TQ
Great Britain
Fax +44 1224 262969
E-mail:i.m.johnson@rgu.ac.uk
Espera-se que um relatório completo do levantamento e do "workshop" seja publicado no IFLA Journal e no "Boletim de Notícias" FID-ET , com resumos nos jornais profissionais de toda a região.

(Ian Johnson, R.G.University)

(Voltar para o Índice)

DANIDA - Assistência Dinamarquesa para o Desenvolvimento Internacional

DANIDA foi o nome dado ao departamento governamental do Ministério de Negócios Estrangeiros, encarregado de administrar ajuda dinamarquesa para os países em desenvolvimento. O princípio básico por trás da ajuda dinamarquesa é sua orientação para a pobresa. Outros objetivos são promover os direitos humanos, melhorar a posição das mulheres, proteger o ambiente e promover o processo de desenvolvimento democrático. A cooperação cultural é uma parte da assistência oficial. A Dinamarca tem 20 países no programa. A cooperação com os países que fazem parte do programa é dirigida para esforços de longo prazo. A assistência multilateral ao desenvolvimento é canalizada através de organizações, principalmente a ONU, bancos de desenvolvimento e a União Européia.

A DANIDA apoia os programas ALP da IFLA e estabeleceu um fundo cujo objetivo é apoiar a participação de bibliotecários do terceiro Mundo na conferência da IFLA.

(Voltar para o Índice)

Conselho Internacional de Arquivos - CIA

Lia Temporal Malcher, bibliotecária e arquivista, foi eleita para o Comitê Executivo do Conselho Internacional de Arquivos - CIA, para assuntos da América Latina e do Caribe, como suplente de Patrícia Galeana, Diretora do Arquivo Nacional do México (quadriênio 1996 - 2000), durante a Assembléia Geral da CIA, realizada em setembro de 1996 em Beijing, por ocasião do XIII Congresso Internacional de Arquivos.

(Voltar para o Índice)

INFOLAC realiza 6a. Reunião no Brasil

O Programa para o Fortalecimento da Cooperação entre Redes e Sistemas Nacionais de Informação para a América Latina (INFOLAC) é um forum de discussão e integração das instituições nacionais de informação da Região. Sua 6a. Reunião foi realizada em Brasília, Brasil, de 26 a 28 de maio de 1997, sob os auspícios da Divisão de Informação e Informática da UNESCO para a América Latina e o Caribe e do Governo do Brasil, por intermédio do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) subordinado ao CNPq - Conselho Nacional de Pesquisas.

Vinte países estiveram representados na reunião, onde foram apresentados projetos, programas, sistemas e redes de interesse para a América Latina e o Caribe. Durante as apresentações foi destacado o apoio financeiro dado ao INFOBILA pela IFLA através da ALP.

O Escritório Regional da IFLA para a América Latina e o Caribe foi representado pela Profa. Sueli Angélica do Amaral, como observadora, a qual teve a oportunidade de informar sobre as atividades da IFLA/LAC, do Escritório Regional e do “Clearinghouse”, além de distribuir material informativo e colocar o “Notícias” à disposição do INFOLAC, reforçando o interesse de cooperação da IFLA/LAC com o programa. Os interessados nos documentos distribuidos na reunião poderão recorrer ao "Clearinghouse".

(Voltar para o Índice)

INFOBILA

A base de dados Informação e Biblioteconomia Latino-americana - INFOBILA - começou formalmente a difundir informações em 1986 e foi a primeira com que contou a Biblioteca do Centro Universitário de Investigações Bibliotecológicas da Universidade Autônoma do México . Ao longo do tempo, o projeto recebeu financiamento de diversas instituições, entre as quais se encontram o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CONACyT), a Organização dos Estados Americanos (OEA) e a Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias (IFLA), através de seu Programa para Desenvolvimento da Biblioteconomia e da Seção para a América Latina e o Caribe (LAC).

A reunião "Presente e Futuro da INFOBILA", realizada em 1992, assentou as bases para que, na segunda reunião do Projeto de Rede Regional de Cooperação, realizada em 1995, a INFOBILA se convertesse em uma rede cooperativa. É seu objetivo difundir literatura da especialidade, assim como as experiências, os problemas e as soluções de colegas de outros países da região sobre Biblioteconomia, Arquivologia, Ciência da Informação e temas relacionados que possam ser localizados nos acervos das unidades de informação dos países cooperantes da América Latina e do Caribe. O México, como país coordenador da Base Cooperativa, firmou convênios bilaterais de cooperação com os países participantes: Argentina, Departamento de Biblioteconomia e Documentação da Faculdade de Filosofía e Letras da Universidade de Buenos Aires; Chile, Universidade Tecnológica Metropolitana; Colômbia, Escola Interamericana de Biblioteconomia da Universidade de Antióquia; Costa Rica, Universidade da Costa Rica - Sede do Ocidente; Cuba, Biblioteca Nacional “José Martí” - Instituto de Documentação e Informação Científica e Tecnológica; Panamá, Universidade do Panamá; Peru, Biblioteca Central da Pontifícia Universidade Católica do Peru e Venezuela, Biblioteca Nacional.

A base é apoiada pelo programa Micro CDS/ISIS, sob o formato de intercâmbio MARC. A descrição bibliográfica se baseou principalmente nas RCAA2. A base conta atualmente com 10.050 registros.

A informação oferecida pela INFOBILA é relativa à produção especializada em Biblioteconomia, de autores latino-americanos que publicaram em seus países ou no estrangeiro, de autores estrangeiros que publicaram sobre qualquer país da América Latina ,ou a de autores da região ou estrangeiros que fizeram traduções, compilações, etc., de documentos bibliotecológicos relacionados com a região. Cada registro oferece um resumo do tipo informativo escrito em Espanhol ou Português, segundo a linguagem empregada nos originais. Quando os resumos se encontram em outra língua, é feita uma tradução para o Espanhol.

Pretende-se que a INFOBILA, além de constituir-se em uma ferramenta para a investigação e a docência, se converta em uma auxiliar para qualquer outro tipo de consulta. Assim, deseja-se que a base seja um repositório da literatura regional sobre Biblioteconomia. No que se refere à data de redação dos documentos, não existe nenhum limite; todos eles são incluidos independentemente do momento ou época em que foram escritos.

Com a integração da Rede Regional de Cooperação INFOBILA deseja-se fomentar o trabalho coletivo e que o intercâmbio de experiências, conhecimentos e recursos documentais se converta em um instrumento poderoso que propicie, no âmbito internacional, o reconhecimento e a valorização da produção da região sobre Biblioteconomia.

Os tipos de materiais analizados são: monografias, teses, artigos de revistas, folhetos, documentos de trabalho e conferências, independentemente de terem sido publicados ou não. A atualização da base é realizada mensalmente e a revisão é feita de forma contínua para que se consiga um adequado controle de qualidade, com o qual se obtém um valor agregado.

O acesso à base pode ser obtido através de diversas chaves de recuperação, com sejam: autor, título, país, descritor, séries, datas, idioma e palavras-chave do resumo. Além disso, os documentos são indexados com descritores gerais validados pelo Tesaurus Latino-americano de Biblioteconomia e Ciência da Informação, cujo propósito é unificar o uso da terminologia da disciplina na região e facilitar a entrada e posterior recuperação da informação contida no fundo documental. Este tesaurus está sendo construido por um comitê integrado por especialistas na elaboração de vocabulários controlados que inclui várias instituições de países cooperantes neste projeto: o Centro Universitário de Investigações Bibliotecológicas do México; a Universidade Tecnológica Metropolitana do Chile; a Pontifícia Universidade Javeriana da Colombia; e a Biblioteca Nacional da Venezuela.

A INFOBILA contém informação que está disponível nos países cooperantes e no CUIB e, a partir de junho, poderá ser consultada em linha a partir da Web do CUIB. Atualmente a base funciona também como catálogo coletivo, já que permite identificar fora do México a outras instituições possuidoras do documento e obter sua reprodução. Como resultado da busca por informação, podem ser obtidas bibliografias por autores, temas ou países, seja em forma impressa, em disquete ou através de correio el etrônico. Um outro produto com o qual se conta para a normalização dos assentamentos sobre autores é o catálogo de autoria.

Custo
Por busca em linha: $3.00 M.N.
1.00 US Dls.

Por referência impressa $1.50 M.N.
.50 US Dls.

Para mais informações sobre a INFOBILA dirija-se a:
UNAM, Centro Universitario de Investigaciones Bibliotecológicas - Biblioteca, en Torre II de Humanidades, piso 13
Ciudad Universitaria, México, D.F.
Tels. 623-0330; 623-0335 y 623-0369
Fax. 623-0365 y 550-7461
Email: nromero@cuib.unam.mx
biblo@servidor.unam.mx
Web: http://cuib.unam.mx

(Voltar para o Índice)

(Voltar)


CLEARINGHOUSE - PUBLICAÇÕES RECEBIDAS


TODOS OS TRABALHOS DAS CONFERÊNCIAS E OUTRAS PUBLICAÇÕES DA IFLA ESTÃO DISPONÍVEIS PARA CÓPIAS E CONSULTAS. POR FAVOR, PRESTE ATENÇÃO ÀS NOTÍCIAS ABAIXO DAS REFERÊNCIAS POIS ELAS PODEM SER DE SEU INTERESSE.

Bancos bibliograficos Latinoamericanos y del Caribe IV. Universidad de Colima, México, UNESCO, 1997 (CD-ROM).

Bases de Datos de Uruguay. Directorio. Ministerio de Educación y Cultura, Uruguay. Archivo General de la Nación, Sistema Nacional de Información; Ana Maria Cherro, Sylvia Sanjinés, comp. 2a. ed. Montevideo: AGN, 1997.

Boletim Tendencias. IP ASSER. Ano II, No. 3, janeiro/96.

Book Fair Bulletin. Zimbabwe International Book Fair. No. 13 April/May 1997.

Catálogo. Centro Nacional Editor de Discos Compactos. 96 - 97. Cenedic. Universidad de Colima.

Copyright Issues in Libraries: global concerns, local solutions. Edited by Judy Watkins. IFLA.

Este volume contém os trabalhos apresentados no Seminário Pré-conferência da IFLA realizado em Tianjim, em agosto de 1996, e os apresentados durante a sessão na conferência de Beijing da Seção de Remessa de Documentos e Empréstimo entre Bibliotecas. Eles representam os pontos de vista dos países desenvolvidos e em desenvolvimento e de todos os elementos da indústria de informação - bibliotecas, editores, usuários, advogados e tecnocratas.

Cultura Hoje, Informativo do Ministério da Cultura. Ano 2, No. 11, 15 de abril, 1997.

Cultura Hoje. Informativo do Ministério da Cultura. Ano 2, No. 12, 30 de abril, 1997.

Database News. CAB International. N. 29 september, 1996.

Encyclopedia of Library and Information Science. Volume 58. Supplement 21. 1996

Fernández, Stella Maris. Técnicas de Trabajo Intelectual. Facultad de Filosofia y Letras. Oficina de Publicaciones del C.B.C.Universidad de Buenos Aires 1996

"Este não é um manual de metodologia da investigação, pois uma obra desta índole ocupa-se dos métodos específicos de cada área do saber, mas o delineamento de conhecimentos propedêuticos, dos recursos e indicações práticas tendentes a facilitar o acesso do estudioso às fontes de saber, a ajudá-lo a trabalhar com uma mentalidade científica, a introduzi-lo na produção intelectual através de reflexões sobre a natureza do trabalho intelectual cuja máxima expressão é a investigação".

Folha da Leitura. Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Secretaria Municipal de Cultura. Abril/Maio, número 5, 1997.

Gestion des Collections. Acquisitions. Désherbage. elimre Régional de Documentation Pédagogique des Antilles-Guyane. 1994.

Global Trends in Library and Information Science. Biswas, Subhas C. Gyan Publishing House, New Dehli, 1995.

O livro focaliza as tendências atuais de todas as principais facetas da Biblioteconomia e Ciência da Informação. Um dos principais objetivos desta antologia é mostrar a angústia e a preocupação pela distâncias que existem entre os países desenvolvidos e os em desenvolvimento e focalizar os esforços que estão sendo consistentemente feitos pelos profissionais do mundo menos desenvolvido ao longo da última década. Os resultados significativos obtidos estão todos registrados aqui para que todos notem.

IFLA/ALP Project Report N. 8. La diffusion de l’information dans les communautes rurales en Afrique.

IFLA Annual 1995.

IFLA Express. IFLA’97 Copenhagen. May 1997.

IFLA Journal. Vol.22 (1996), No.4

IFLA Journal. Vol 23 (1997), No. 1

Este número contém três trabalhos da reunião conjunta ICA/IFLA realizada em Beijing em setembro último. Como um resultado da convergência de tecnologias, existem muitas coisas que são comuns às duas associações e é, portanto, tanto lógico como bem-vindo que haja um maior compartilhamento de conhecimentos. Um trabalho do “workshop” ALP/Bibliotecas Governamentais realizado no ano passado abordou os assuntos não técnicos ou “sociais” relativos ao uso da Internet - censura, direito do autor, privacidade, por exemplo - assuntos que são tão importantes para resolver como os assuntos técnicos. Assuntos de treinamento são abordados em um relato de como o sistema Nacional de Qualificação Vocacional (NQV) foi desenvolvido para bibliotecas da Grã-Bretanha e também de como está sendo desenvolvido em vários outros países. Existem também dois trabalhos relativos à importância de bons serviços bibliotecários, um sobre o cuidado com o usuário e outro descrevendo o desenvolvimento de uma metodologia que identificará as necessidades dos usuários mais precisamente e que, conseqüentemente, melhorará o projeto de sistemas de informação. Finalmente, contém uma revisão dos trabalhos apresentados no Seminário Pré-conferência de 1990, realizado em Estocolmo, sobre políticas para bibliotecas públicas, com exemplos do que foi feito desde então para implementar as recomendações daquela reunião.

IFLA Regional Section for Asia and Oceania. Newsletter, 8:2 (December 1996).

IFLA Section on Classification and Indexing. Principles Underlying Subject Heading Languages (SHLs). Edited by Maria Inês Lopes and Julianne Beall. Final Draft. March 1997.

IFLA Section of Libraries for the Blind, Newsletter, Fall, 1996.

IFLA Section on Acquisition and Collection Development. Newsletter.No.14, Winter, 1996/97.

IFLA Section on Cataloguing. Newsletter of the Standing Committe. No. 7. March. 1997.

IFLA Section on Document Delivery and Interlending, Newsletter, January,1997.

IFLA Section on National Libraries. Newsletter. March. 1997.

IFLA UAP Newsletter. No. 23, April 1997.

INFOLAC. Estatutos.

INFOLAC. Universidad de Colima, México; UNESCO, 1997 (CD-ROM)

INFOLAC, Vol. 9, No. 4, Oct./Dec. 1996.

Information Bulletin. Library of Congress. Vol.54, No.14, July 1995.

Information Technology: computers, communications and the Caribbean. Papers of the 9th Annual Conference of the ACURIL, Fort-de-France, Martinique, 1988.

Informativo ABGRA. N.9, Diciembre, 1996.

Informativo ABGRA. No.10, Marzo, 1997.

Informativo IBICT. Vol. 16, No. 4, julho/agosto, 1996.

Informativo IBICT. Vol. 16, No. 6, novembro/dezembro, 1996.

Informativo IBICT. Vol. 17, no. 1, janeiro/fevereiro, 1997.

La Biblioteca del Futuro/ coordinación general Adolfo Rodríguez Gallardo; coordinación ed. Estela Morales Campos; textos Estela Morales Campos. México: UNAM, Dirección General de Bibliotecas, 1996.
Trabalhos apresentados no evento "A Biblioteca do Futuro", Realizado em setembro de 1996 na UNAM

Notícias UNESCO, Vol. 3, No. 1, jan./fev. 1997.

La Educación Continuada de los Bibliotecarios del Caribe/ Continuing Education for Librarians in the Caribbean/ La formation continue des bibliothécaires dans le Caraïbe. ACURIL VII. Université des Antilles-Guyane. Université de Montreal. 1987.

Legislação Cambial. Banco de Moçambique.

Library News. United Nations Library (Geneva), Vol.6, N.1,1996.

Nuevos edificios para las bibliotecas universitarias Dirección General de Bibliotecas; Universidad Autónoma de México.1996.

Relatório Anual. Banco de Moçambique. 1995.

UNAL Info, N.13, Ago., 1996.

UNAL Info, N.14. Dec., 1996.

UNESCO. Memorias de la V Reunión de Consulta del Programa INFOLAC. Lima, Perú, 4 al 6 de octubre de 1995.

UNESCO Publishing. Catalogue / Update. 1996/97.p>

(Voltar)


CALENDÁRIO INTERNACIONAL


1997

Julho
- 20 a 25 - 18º Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação

Agosto/Setembro
- 15 a 19 - Simpósio Latino-americano e do Caribe sobre Telemática para o Desenvolvimento, Parlatino, São Paulo, Brasil
- 23 a 26 - Congresso Internacional sobre Informação Eletrônica e Bibliotecas Digitais. Heredia, Costa Rica.
- 24 a 30 - Seminário da Seção da IFLA Edifícios e Equipamentos de Bibliotecas, Haia, Holanda
- 26 a 28 - Seminário Pre-Conferência Serviços Bibliotecários de Educação para Crianças e Jovens, Hamburgo, Alemnha
- 26 a 29 - Seminário Pre- Conferência Tecnologia da Informação e Serviços Bibliotecários para os Deficientes Visuais
- 27 a 29 - Terceira Conferência Internacional sobre Educação Profissional Contínua, Copenhague, Dinamarca
- 31 de Agosto a 5 de Setembro - 63a Conferência Geral e Conselho da IFLA: Bibliotecas e Informação para o Desenvolvimento Humano, Copenhague, Dinamarca
- 13 a 17 - INFO’97. Informação.- Conhecimento- Globalização. Palácio das Convenções de Havana, Cuba.
- 26 a 28 - Colóquio de Automação de Bibliotecas, Colima, México. Novembro
- 27 a 29 - Primeiro Encontro de Docentes de Biblioteconomia e Ciências da Informação do Mercosul e Segundo Encontro de Diretores dos Cursos Superiores de Biblioteconomia do Mercosul. Buenos Aires, Argentina.

1998

Agosto
- 16 a 21 - 64a Conferência Geral da IFLA, Amsterdam, Holanda

1999

65a. Conferência Geral da IFLA, Bancoc, Tailândia

2000

66a Conferência Geral da IFLA, Jerusalem, Israel

2001

67a Conferência Geral da IFLA, Boston, Estados Unidos

2002

68a Conferência Geral da IFLA, Glasgow, Escócia

(Voltar)


O QUE É A IFLA? O ESCRITÓRIO REGIONAL O PROGRAMA ALP SITES ÚTEIS

HP